19 abril 2018

SINTO SAUDADES...


Foto / Pixabay


De quando brincava na rua de casa até as 18h da tarde, essa foi a melhor época daquela rua, até os pais brincavam com a gente, os vizinhos conversavam na frente de suas casas, se ajudavam em algumas situações, manodocéu, era super tranquilo ficar na rua lá pras 23h da noite, dávamos sempre um jeito de brincar toda tarde, mesmo quando rolava um castigo sabe, era tão simples, a diversão era super real.

Dos amigos do ensino fundamental/médio, se ver todo dia era muito bacana, até em dias de provas, nessa época eu não pensava o que aconteceria quando terminasse esse grau escolar, até o segundo ano do ensino médio, quando cheguei no terceiro ano foi quando percebi, que de lá em diante todos iriam para um lado diferente, não teria a conversa de todo dia, não teria mais a coleta para o lanche de todo dia, o último ano foi super difícil tanto nas matérias como o desligamento com os amigos.

Das músicas, desde 2000 até 2015 mais ou menos, são as músicas que mais acho bacana de ouvir no volume máximo, claro que algumas atuais são boas e eu gosto, mas as antigas tem algo especial que ainda me fazem escutar.

De quando a cidade era tranquila, todo mundo sabe o quanto o Brasil não tem tanta segurança que precisamos, Bragança era um cantinho do país que ainda tinha uma certa tranquilidade, chegar tarde da noite em casa era super de boa, infelizmente hoje, sair até com o celular na rua corre um risco de levarem.

Do Msn e Orkut, minha nossa, como queria que ainda existisse, na época eu praticamente não usei pelo fato de não ter computador nem celular, quando acessava, era porque a minha amiga tinha um pc em casa e ela deixava eu dá uma olhadinha na minha conta, mas sempre foi um tempo rápido, por ser depois da escola não havia tanta oportunidade, então nem aproveitei como queria, só lembro de serem as melhores redes sociais da época, uma pena não existir mais.

Do que  você tem mais saudade? Adoraria saber de vocês também, vamos viver essa quinta-feira bem nostálgica. Me conta aqui nos comentários ❤
Xoxo, Clei

0 comentários:

Postar um comentário